terça-feira, 13 de novembro de 2012

CONDENAÇÃO DO MENSALÃO - ENTRE A ALEGRIA E A TRISTEZA

Por Mauro Stélio Massacessi Sanches


Confesso que hoje amanheci com meus sentimentos confusos, experimentando um misto de alegria e tristeza. Alegria por saber da condenação de José Dirceu e seus companheiros de Mensalão. Alegria por ver que ainda existem homens dispostos a combater o mal, colocando em risco seu nome, sua reputação, mas convicto de estarem fazendo a coisa certa, como o Sr. Juiz do Supremo Joaquim Barbosa. Alguns já o esperam, inclusive, como candidato a Presidente, eu não, prefiro vê-lo onde está, fazendo o que sabe fazer de melhor: julgar. Claro que junto dele estão outros que, com a mesma compreensão, fizeram o seu papel de guardiões da Lei e dos direitos do povo brasileiro, digamos que ele, neste momento, os representa.


Mas, por outro lado, me sinto triste pela condenação de Dirceu, por algo que não devia sequer ter começado. Um homem que lutou pela democracia, agora sucumbe por ela, porque debochou e abusou dela, tentou ser superior a ela violentando-a diante dos nossos olhos. Junto dele estão aqueles que acreditaram nesse deboche e agora sucumbem também. Não precisava isso, a governança pode e precisa caminhar sem esses artifícios esdrúxulos. Lembro-me da canção de João Alexandre “Pra cima Brasil”, quando diz: “Homens com tanto poder e nenhum coração”.

Mais que alegria me sobra tristeza por pensar nos familiares, nos amigos, gente que sofrerá os respingos desta condenação. A vergonha que terão de experimentar, o vexame ao olhar nos olhos dos outros ou por aquilo que ouvirão sem que nada tivessem a ver com tudo isso, a não ser o fato de ser esposa, filho, amigo, e estarem perto de quem se deixa manchar, que não teve a força de vencer a tentação do deslumbre de se sentir no poder.  

Quando me sinto assim, na dúvida sobre o que sentir, caminho pela Escritura que me recomenda orar por todos (bons e maus aos meus olhos), por aqueles que exercem o poder (autoridade constituída) sobre nós. Passarei o dia orando por esses homens que não conheço pessoalmente, mas posso sentir por eles e por a sua família a vergonha de ter nomes e rostos divulgados como ladrões. Imagino, isto é horrível!

Você, leitor, não precisa me acompanhar nesta oração se não quiser. Não precisa curtir. Ainda assim, oro para que em tudo isso o Brasil melhore, nossos governantes melhorem, a verdade prevaleça e nós, cristãos, mantenhamos o compromisso de interceder e viver a verdade do evangelho. Tema de Missões Nacionais: “Em um Brasil de trevas, seja luz!”.


*Mauro Stélio Massacessi Sanches é Pastor da Igreja Batista em Parque Alian - São João de Meriti-RJ


Reações:

1 comentários:

  1. "Quando se faz justiça, os bons ficam felizes, porém os maus ficam apavorados" - Provérbios 21:15

    ResponderExcluir

Deixe este blogueiro novato feliz! Adicione seu comentário com elogio, crítica ou sugestão. Deus te abençoe!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...